FALE CONOSCO

Notícias

Voltar para listagem de notícias

02/05/2019

Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês certifica todas as unidades sob sua gestão

As certificações reconhecem a qualidade dos serviços de saúde prestados no SUS

Ao completar uma década de atividades, o Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês (IRSSL) trilha um caminho de destaque na busca pela excelência do sistema público de saúde. A Organização Nacional de Acreditação (ONA) é a mais respeitada entidade que certifica a qualidade dos serviços de unidades de saúde do Brasil, cujas diretrizes são estabelecidas pelo Ministério da Saúde para a melhoria contínua dos processos e segurança do paciente. A ONA tem sua metodologia reconhecida pela ISQua (International Society for Quality in Health Care), associação parceira da OMS (Organização Mundial da Saúde).  
As unidades gerenciadas pelo IRSSL e certificadas pela ONA são: AME Interlagos (ONA Nível 1), Hospital Regional de Jundiaí (ONA Nível 2), Hospital Municipal Infantil Menino Jesus (ONA Nível 1) e Hospital Geral do Grajaú (ONA Nível 2). Além dessas quatro, o Instituto administra o Serviço de Reabilitação Lucy Montoro de Mogi Mirim, que recebeu a certificação máxima da CARF - Commission on Accreditation of Rehabilitation Facilities, selo específico para os serviços de reabilitação que é reconhecido mundialmente. As acreditações representam uma vitória de todos os colaboradores e reforçam o compromisso da Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês em fortalecer o Sistema Único de Saúde no Brasil. 
As exigências de Nível 1 da ONA contemplam o atendimento aos requisitos básicos para a segurança na assistência prestada ao usuário. No AME Interlagos, as principais atividades desenvolvidas foram a estruturação de um planejamento estratégico, implantação de um novo modelo de governança interno, implantação de novos protocolos e diretrizes clínicas, aprimoramentos no sistema de gerenciamento de riscos e diversas melhorias em processos. 
O Hospital Regional de Jundiaí implementou melhorias no atendimento e na assistência, novos protocolos e diretrizes, realizou diversas ações para redução de infecções, além da implantação de um sistema de aferição de desfechos clínicos pioneiro no sistema público de saúde. Também foi criado o Grupo de Empoderamento Sustentável, responsável por ações de humanização e sustentabilidade para os colaboradores e a comunidade local, no intuito de desenvolver melhores práticas assistenciais e gerenciar os custos. 
De acordo com o IBES (Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde), entre os pontos fortes apresentados pelo Hospital Municipal Infantil Menino Jesus para a conquista da Acreditação estão o pioneirismo na participação das mães na hospitalização das crianças, os programas de humanização, o nível de capacitação do corpo clínico e da equipe assistencial, atuação do Conselho Consultivo de Pacientes e Familiares, parcerias para atendimento de malformações congênitas, programa de bexiga neurogênica e reabilitação intestinal, orientações aos colaboradores e pacientes e programas multidisciplinares no ambulatório.
A trajetória rumo à certificação do Lucy Montoro contou com visitas periódicas de consultor homologado para adequação das normas e processos aos requisitos da CARF. A unidade investiu na atualização de todos os procedimentos aplicados nos programas, revisão de diretrizes clínicas, levantamento e monitoramento de indicadores, implantação de protocolos de segurança bem como a revisão da infraestrutura para a segurança de pacientes, colaboradores e familiares. No Brasil são apenas 10 unidades certificadas pela CARF, todas localizadas no estado de São Paulo.
O Hospital Geral do Grajaú foi Acreditado Nível Pleno este ano, destacando-se por projetos de melhorias na sistemática de elaboração e desdobramento do planejamento estratégico, uso da telemedicina para avaliação de pacientes nas áreas de neurologia e nutrologia, parceria entre o Hospital Geral do Grajaú e o Hospital Sírio Libanês, bem como a utilização do Grupo de Diagnósticos Relacionados (DRG) para avaliar a mortalidade e duração das internações e o Projeto Lean para a Unidade de Emergência e Centro Cirúrgico, que melhorou o fluxo dos pacientes em todo o hospital. 
O HGG também foi reconhecido pelas ações relacionadas à experiência do paciente, como o Dia Mundial da Prematuridade, a visita aberta nas unidades de terapia intensiva, a ambiência da maternidade e da pediatria, assim como a disponibilização de óculos de realidade virtual para a distração e possível redução da dor dos pacientes pediátricos durante a punção venosa. Os cursos de formação de copeiros e cuidadores para pessoas da comunidade através da parceria com o Projeto Abrace seu Bairro do Sírio-Libanês repercutiu positivamente no conjunto de resultados apresentados pelo hospital. A Acreditação Nível 2 é um marco importante na trajetória do HGG, que é referência no atendimento à população do extremo sul da cidade de São Paulo.
Fonte: Comunicação IRSSL

Endereços de atendimento
Atendimento Médico AME   •   Hospitais de Atendimento   •   Serviço de Reabilitação

Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês
Matriz: Rua Peixoto Gomide, 316, Bela Vista, São Paulo - Telefone: 55 (11) 3394-5705
E-mail: faleconosco@irssl.org.br