FALE CONOSCO

Notícias

Voltar para listagem de notícias

29/03/2019

Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês participa de Fórum Internacional de Qualidade e Segurança do Paciente

Unidades do Instituto se destacaram pela inovação e resultados dos trabalhos na área assistencial

Nos dias 28 e 29 de março, as diretorias médica, assistencial e representantes dos hospitais participaram de um dos principais fóruns internacionais de qualidade e segurança do paciente (The International Forum on Quality and Safety in Healthcare), transcorrido em Glasgow (Escócia), levando quatro trabalhos de referência desenvolvidos nas unidades públicas de saúde administradas pelo Instituto. 

Foram apresentados resultados da implantação do modelo de governança clínica corporativa no Hospital Geral do Grajaú (HGG), pautado por uma gestão orientada por dados e resultados, coordenação do cuidado, alocação dos recursos certos para os pacientes certos, feedback contínuo aos gestores, coprodução de soluções, melhoria contínua em processos e reconhecimento. 

Este modelo, em uma abordagem multidisciplinar, levou a uma redução significativa das taxas de mortalidade na unidade (20,3% na mortalidade institucional) e melhorias em processos, principalmente no fluxo de leitos e superlotação (redução de 0,47 dias na média de permanência geral), diminuindo os riscos para os pacientes e também os custos para o hospital (economia de mais de R$ 2,5 milhões em 1 ano). Outro pôster apresentado foi sobre os resultados do trabalho realizado pelas equipes, desde 2017, através do uso da metodologia do modelo de melhoria do IHI, para a redução das infecções relacionadas a cateter venoso central no HGG e no HMJ, que reduziu estas infecções a zero em 14 dos 18 meses transcorridos no HGG e em 58% no Hospital Menino Jesus.

O Hospital Regional de Jundiaí (HRJ) levou o trabalho sobre a iniciativa de implantação de um sistema de aferição de desfechos clínicos pioneiro no sistema público de saúde. O foco do trabalho consiste em analisar os resultados das angioplastias realizadas durante as internações hospitalares e após a alta, medindo a adesão do paciente ao tratamento usando os padrões do ICHOM (International Consortium for Health Outcomes Measurement), identificando oportunidades de melhoria. Um dos resultados decorrentes desta implantação foi uma redução de 43,2% na insuficiência renal pós-angioplastia. O hospital realiza aproximadamente 2.300 cateterismos e 550 angioplastias por ano, tendo uma necessidade cada vez maior de padronização da mensuração de resultados e avaliação do valor entregue aos pacientes na continuidade do atendimento.  

No Hospital Municipal Infantil Menino Jesus o trabalho assistencial apresentado foi sobre a atuação do Conselho Consultivo de Pacientes e Familiares, iniciativa pioneira no SUS em São Paulo e premiada na 9ª Exposição da Qualidade promovida pelo Hospital Sírio-Libanês. O intuito do Conselho é fazer um trabalho integrado com as equipes do hospital e familiares, onde as famílias tenham mais protagonismo na co-criação de projetos e melhorias. Após um ano de trabalho, a unidade conseguiu avanços em diversos processos e obteve com sucesso a desospitalização de três pacientes que estavam internados há dois anos no hospital.

Fonte: Comunicação IRSSL

Endereços de atendimento
Atendimento Médico AME   •   Hospitais de Atendimento   •   Serviço de Reabilitação

Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês
Matriz: Rua Peixoto Gomide, 316, Bela Vista, São Paulo - Telefone: 55 (11) 3394-5705
E-mail: faleconosco@irssl.org.br