FALE CONOSCO

Notícias

Voltar para listagem de notícias

18/08/2016

Cuidados contra artrose envolvem atividade física e perda de peso

Cuidados contra artrose envolvem atividade física e perda de peso

Um em cada 13 brasileiros tem artrose, segundo estimativas do Ministério da Saúde. Depois das dores nas costas e da depressão, a artrose é o problema de saúde que mais afasta pessoas do trabalho no Brasil. A boa notícia, no entanto, é que essa síndrome responsável por uma lenta e progressiva degradação da cartilagem articular pode ter controle.

A artrose também é conhecida por osteoartrite ou osteoartrose. Esses termos surgiram posteriormente para exemplificar melhor esse problema, pois descobriu-se que durante a formação da artrose existem importantes processos inflamatórios (por isso o sufixo "ite") e degenerativos (por isso o sufixo "ose").

Ortopedista e coordenador geral do Núcleo de Medicina do Exercício e do Esporte do Hospital Sírio-Libanês, explica que a artrose pode ocorrer em qualquer articulação do corpo, mas destaca-se no joelho e no quadril, onde é mais comum e provoca mais sintomas. "É que nas outras partes, como mão e coluna, por exemplo, ela geralmente não chega a incapacitar as pessoas de suas atividades cotidianas", comenta o médico.

A artrose pode se manifestar com:

Por conta desses sintomas, a pessoa tem dificuldade de movimentar a articulação afetada e, no caso de joelho e quadril, até a locomoção pode ser prejudicada.

Quem pode ter artrose?

Embora seja associada muitas vezes a um problema da terceira idade, já que na maioria das vezes a artrose se manifesta em pessoas com mais de 45 anos de idade, essa síndrome pode atingir todas as faixas etárias.

A artrose conhecida como primária, mais comum em idosos, ocorre principalmente devido ao uso excessivo de uma articulação, mas também pelo envelhecimento natural do indivíduo e de suas cartilagens.

Já a artrose secundária, presente em crianças, jovens, adultos e idosos, é uma consequência de doenças ou condições que a pessoa tenha. Entre elas, estão traumas articulares, obesidade, diabetes, distúrbios hormonais e gota - um tipo de inflamação na articulação em decorrência de acúmulo de ácido úrico no sangue.

Como se proteger e tratar a artrose?

As primeiras atitudes para quem deseja prevenir a artrose são:

Com isso, explica dr. Hernandez, o processo de desgaste da cartilagem articular tende a ser mais lento e a artrose pode surgir bem mais tardiamente.

Para o diagnóstico dessa síndrome, além da avaliação clínica, são utilizados exames de imagens, principalmente tomografia ou ressonância magnética, e eventualmente análise do líquido articular.

Quando confirmada a presença de artrose, ressaltando que nos idosos ela geralmente já dá sinais num estágio mais avançado, o tratamento pode envolver o uso de palmilhas e bengala para reduzir a carga articular, medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos, injeções de medicamentos diretamente na articulação (infiltrações) e cirurgias.

A suplementação oral com colágeno, que é um tipo de proteína responsável por processos regenerativos no organismo, passou recentemente a ser usada também para o tratamento da artrose. Apesar de algumas pessoas relatarem bons resultados com esse tipo de tratamento, o dr. Hernandez diz que ainda não existem estudos suficientes comprovando a eficácia das atuais pílulas de colágeno contra a artrose, pois o corpo tende a não absorver bem essa proteína. Segundo o médico, porém, estão sendo pesquisados novos suplementos com colágeno na tentativa de buscar uma melhor forma de absorção dessa substância.

Por ser uma síndrome que tem relação com várias outras doenças e áreas da medicina, o Hospital Sírio-Libanês oferece um cuidado multidisciplinar e multiprofissional contra a artrose.

Médicos ortopedistas, reumatologistas, endocrinologistas, fisiatras e fisioterapeutas dos núcleos de Medicina do Exercício e do Esporte, de Reumatologia, da Saúde Óssea e do Centro de Reabilitação atuam de forma conjunta para prestar todos os cuidados necessários para prevenção, diagnóstico e tratamento da artrose.

Veja algumas curiosidades sobre a artrose:

  • Acredita-se que a artrose seja uma das síndromes mais antigas da humanidade. Estudos paleontológicos descobriram que a patologia existe desde a Idade da Pedra.

  • Embora afete pessoas de todas as idades, a artrose tem uma incidência crescente ao longo dos anos. A partir dos 85 anos de idade, estima-se que praticamente todas as pessoas terão algum tipo de desgaste na cartilagem articular.

Fonte: www.hospitalsiriolibanes.org.br

Endereços de atendimento
Atendimento Médico AME   •   Hospitais de Atendimento   •   Serviço de Reabilitação

Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês
Matriz: Rua Peixoto Gomide, 337, Bela Vista, São Paulo - Telefone: 55 (11) 3016-0528
E-mail: faleconosco@irssl.org.br