FALE CONOSCO

Notícias

Voltar para listagem de notícias

20/01/2016

Sorria! A risada pode ser um bom remédio :)

Sorria! A risada pode ser um bom remédio

Você já sorriu hoje? Se não, sorria, pois esse tipo de expressão facial decorrente da contração dos músculos da boca e que expressa alegria pode ter caráter terapêutico e ajudar no bem-estar e até mesmo na saúde. Chamar a atenção para isso é o objetivo do Dia Internacional do Riso, celebrado em 18 de janeiro.

De acordo com diversos estudos realizados ao redor do mundo, o riso e o bom humor contribuem para aliviar as tensões sociais. Eles envolvem regiões do cérebro altamente desenvolvidas para expressão de emoções positivas, o que pode ajudar na:

Os efeitos psicológicos e fisiológicos do riso e do humor no organismo renderam até a criação de uma área de estudo, a gelotologia . Entre suas constatações, destaca-se a comprovação científica de que o riso favorece a liberação de endorfinas, hormônios que despertam uma sensação de prazer. Isso pode favorecer a sensação de bem-estar e trazer outros benefícios de saúde, como os citados acima.

Para diversas civilizações do Oriente, os efeitos positivos do riso no organismo já são reconhecidos há centenas de anos, mas para o Ocidente a prática da risoterapia ou terapia do riso ganhou mais adeptos nas últimas décadas. Essa técnica utiliza atividades individuais ou em grupo para resgatar no adulto sensações relacionadas à infância, como a busca do novo, do aprendizado e da prosperidade emocional.

Estima-se que as crianças, em média, riem 20 vezes mais que os adultos. Em geral, essa leveza e capacidade de rir de si próprio ou com coisas banais é algo que alguns adultos vão perdendo ao longo dos anos, em função do contexto social. “A proposta da terapia do riso é favorecer que as pessoas que são expostas a ela possam lidar com os desafios, com as relações e consigo mesmo de forma mais espirituosa”, comenta Daniela Achette, psicóloga do Centro de Reabilitação do Hospital Sírio-Libanês.

A risoterapia também se baseia na ideia de que o riso atrai outras pessoas. Aqueles que conseguem encarar adversidades preservando o humor ou utilizando-se do humor como um caminho, geralmente, se sentem menos sozinhos, mais preparados para aprender o novo e aumentam a habilidade social nas relações.

Humor ajuda pacientes e profissionais de saúde

Algumas pesquisas realizadas com enfermeiros apontam que esses profissionais, quando trabalham com bom humor, obtêm maior cooperação dos pacientes, o que contribui para o cuidado. ​

Independentemente de qual seja sua área de atuação, a dica é sorrir e ter bom humor. E o melhor de tudo é que o cérebro não reconhece se o riso ocorreu naturalmente ou foi planejado, segundo explica a psicóloga Daniela Achette. “Portanto, buscar situações que lhe são significativas e que favoreçam o riso e o bom humor pode sim lhe trazer benefícios”, avalia.

Assista a seus filmes cômicos preferidos, vá ao teatro, leia livros engraçados, mantenha contato com seus amigos e procure sempre atividades que lhe tragam alegria. E se você ou algum familiar estiver em tratamento, procure os suportes disponíveis que possam favorecer sua adaptação e seu bem-estar emocional.

 

Fonte: www.hospitalsiriolibanes.org.br

Endereços de atendimento
Atendimento Médico AME   •   Hospitais de Atendimento   •   Serviço de Reabilitação

Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês
Matriz: Rua Peixoto Gomide, 337, Bela Vista, São Paulo - Telefone: 55 (11) 3016-0528
E-mail: faleconosco@irssl.org.br